Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

© honestamente

honestamente | não repetir em casa.

26
Jan22

sagração do dia | vozes ao alto

Ana de Deus

escuta. o vento. Madalena escuta o vento. há uma alegria imensa no ar. há tanto tempo que estás ausente. a saudade que sentes: é de ti própria. Madalena sorri. o vento acaricia-lhe o cabelo. cheira a mar. salpica-a com a memória da rebentação das ondas. do arco-íris no crepúsculo. dá a mão à vida. tudo pára. simplesmente. à escuta. ninguém se perde, apenas se desencontra. ninguém se perde, por vezes apenas se esquece. a vida sorri. Madalena sente a alegria imensa no ar. escuta. o som do mar. ninguém se perde, apenas se (re)acorda.

Ana Eugénio

6 comentários

comentar post

mais sobre mim

honestamente copy 33.jpg
ver perfil
seguir perfil

arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

os nossos contos

os nossos contos de natal Sagração do Dia