Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

© honestamente

honestamente | não repetir em casa.

09
Abr22

O peso de um livro! por José da Xã

Ana de Deus

Há alguns anos estava eu mais um padre amigo (recentemente levado para junto do Pai Celeste) à espera de uma terceira pessoa à porta na igreja. O meu companheiro de espera carregava debaixo do braço um enorme volume, de folhas pintadas em cor vermelha e sobre a qual as letras surgiam a dourado.

A determinada altura diz para mim:

- Vou lá dentro poisar a palavra de Deus pois esta já me pesa!

Fiquei todavia sem saber se o peso era da própria Palavra ou somente do volume em papel.

Posto isto, ontem recebi o livro "Sagração do Dia" assinado por Ana Eugénio.

Encontrei entre este livro ora publicado e aquele que referi no início deste texto algumas abissais diferenças, mas outrossim algumas semelhanças. 

A grande diferença prende-se no seu tamanho e volume. Se o primeiro era enorme, este é um daqueles livros quase de bolso com as suas 50 páginas de boa escrita!

Todavia assemelha-se com a naturalidade do seu peso. Não daquele de balança, mas o peso das palavras.

Conforme vamos lendo, subimos uma escada para um paraíso de pensamentos e de palavras que nos deixam a pensar.

Numa escrita peculiar onde não há capitulares maiúsculas, mas uma chamada de atenção através de um bonito jogo de palavras e sentimentos, Ana Eugénio obriga-nos a escutar o nosso próprio coração. E a tentarmos perceber o que nos leva a voar, qual "Capitão Felisbelo" por entre textos tão simples e ao mesmo tempo...

O "tal" peso... que neste livro é deveras elevado.

 

José da Xã

Sagração do Dia

 

 




À VENDA
NO QUIOSQUE
DA ABELHA

4 comentários

comentar post

mais sobre mim

honestamente copy 33.jpg
ver perfil
seguir perfil

arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

os nossos contos

os nossos contos de natal Sagração do Dia